quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011

visitaê, pourrá!
http://adayinthelifeve.blogspot.com/
Que bom se eu conseguisse acreditar mais em palavras. Aí as suas palavras seriam suficientes pra me acalmar.
A tua promessa seria clara pra mim. Seria real antes de acontecer.
E o que mata é saber que não consigo, saber que preciso ver para crer.

Mas eu também não sei me expressar. Nunca soube. Sempre fica tudo assim... meio torto.